Foto: Alexandre Barros

O Airbus A300-608ST Beluga fez sua primeira aparição no Brasil no último final de semana, trazendo como carga especial um Helicóptero do modelo ACH 160, o terceiro vendido no Brasil.

Sua chegada foi repleta de imprevistos e atrasos. Pousou em Fortaleza no último domingo, procedente de Toulouse e Dakar, onde atrasou, segundo a Airbus, devido mal tempo.

A espera de 27 anos para ver o Beluga foi compensada pela concessionária Aeroportos Brasil – Viracopos, que administra o Aeroporto Internacional de Campinas, que preparou um Spotter Day Especial para os entusiastas de aviação poderem ver e fotografar de perto essa raridade.

Na última segunda-feira, 25 de junho, o Beluga partiu da Fortaleza e pousou em Viracopos por volta das 13h50 da tarde, onde foi recebido com o tradicional batismo d´água, que acontece sempre quando um novo operador ou nova aeronave de um operador pousa nos aeroportos.

Aos que não puderam participar, através do Spotter Day, sobrou os arredores do aeródromo, tanto em Campinas, quanto em Fortaleza. Outros profissionais foram convidados pela própria Airbus para acompanhar a operação em Campinas (SP), no Hangar da Azul Linhas Aéreas.

A Airbus possui atualmente 5 aeronaves do modelo que trouxe ao Brasil, o Airbus A300-608ST Beluga. O modelo mais antigo da frota, o F-GSTA, foi construído há 27 anos em cima da plataforma do Airbus A300-600. A aeronave que chegou ao Brasil foi o F-GSTB, que tem 26 anos de idade.

Em janeiro desde ano, a Airbus lançou um novo serviço para oferecer transporte de cargas especiais para clientes do mundo inteiro com o BelugaST. Com o novo serviço, até cinco BelugaST estarão aptos a voar com cargas de tamanho fora do comum para clientes com contratos comerciais, atendendo indústrias como fabricantes de motores, espaço, fabricação de helicópteros e máquinas, petróleo, gás e energia, veículos terrestres e outros equipamentos militares, suprimentos humanitários, entre outros.

Como modernização, a Airbus produziu o Airbus A330-743L Beluga XL, trabalhado sob a plataforma do Airbus A330, aeronave muito mais moderna em termos de aviônicos e motores, há quatro anos atrás. Do modelo que citamos a Airbus possui 4 aeronaves.

Comparativo entre os Belugas.

Comprimento: 56,1 metros do Beluga ST contra 63,1 metros do Beluga XL
Altura: 17,2 metros do Beluga ST contra 18,9 metros do Beluga XL
Envergadura: 44,8 metros do Beluga ST contra 60,3 metros do Beluga XL
Veloicidade de Cruzeiro: 780 km/h do Beluga ST contra 737 km/h do Beluga XL
Autonomia: 1.600km do Beluga ST contra 4.000km do Beluga XL

Foto: Guilherme Ramos

Deixe uma resposta