Os clientes do Legacy da Embraer mais uma vez este ano se beneficiam de novas melhorias no programa de manutenção da aeronave visando aumentar a sua disponibilidade. Este anúncio reflete o comprometimento da Embraer de assegurar ao proprietário do Legacy a máxima flexibilidade e liberdade na operação de sua aeronave.

O Legacy baseia a sua filosofia de manutenção na metodologia MSG estabelecida pelo Maintenance Steering Group (MSG) da Air Transport Association (ATA). O primeiro Legacy saiu do hangar em conformidade com a MSG. Enquanto para a Embraer foi natural encampar este padrão de manutenção desde o início, agora é que ele está sendo amplamente adotado pela indústria da aviação executiva.

A metodologia MSG-3, como é atualmente conhecida, tem por objetivo preservar e restaurar os índices originais de segurança e confiabilidade da aeronave, e construir uma base de conhecimento para melhorar o projeto e a manutenção dos aviões. Os principais benefícios desta metodologia incluem a disponibilidade maior da aeronave e uma redução nos custos totais de manutenção para se manter o Legacy em condições ideais de operação.

Em abril de 2004, a Embraer anunciou um calendário de manutenção com quatro paradas por ano. A partir do primeiro trimestre de 2005, dois dos quatro eventos anuais de manutenção serão inspeções visuais que não requererão apoio de equipamento em solo. Com a otimização adicional de tarefas de manutenção, os custos referentes ao trabalho de manutenção caíram mais 5% sobre uma redução de 18% obtida anteriormente.

Todos os esforços para melhorar o programa de manutenção do Legacy representam economia de custo importante para os clientes, ao mesmo tempo em que mantêm os altos níveis de segurança e confiabilidade da aeronave.

FONTE: Aviação Brasil / Embraer – Assessoria de Imprensa – São José dos Campos/SP

Deixe uma resposta