Início Notícias Fabricantes Airbus fecha 2011 com recordes em número de encomendas e entregas

Airbus fecha 2011 com recordes em número de encomendas e entregas

A Airbus entregou 534 aeronaves comerciais para 88 clientes (10 novos) e registrou 1.419 encomendas líquidas em 2011, fazendo deste o ano de maior sucesso na história da companhia, e o 10º seguido com aumento na produção.

As entregas incluem um novo recorde para 421 aeronaves de corredor único (401 em 2010), 87 da família A330 (87 em 2010) e 26 A380s (18 em 2010). Dezembro foi um mês recorde para o A380, com quatro entregas em um único mês. A Airbus Military também entregou um número recorde de 29 aeronaves (20 aeronaves militares e de transporte de porte médio ou leve – C212, CN235 e C295, a conversão de três aeronaves P-3 e 6 A330 MRTTs).

Airbus obteve uma entrada recorde de encomendas de 1.608 aeronaves comerciais (1.419 líquido), com valor bruto de US$ 169 bilhões (líquido de US$ 140 bilhões) no preço de tabela. O recorde anterior foi em 2007 (bruto de 1.458 pedidos e líquido de 1.341). Em termos de valor, a participação da Airbus no total de vendas de aeronaves (acima de 100 assentos) em 2011, é de 56% bruto (54% líquido).

Apesar dos mercados competitivos, a Airbus Military ganhou cinco novos pedidos para suas aeronaves leves e médias (CN235 e C295). As encomendas comerciais líquidas incluem 19 A380, 52 aeronaves da família A330/A350 XWB, e 1.348 aeronaves da família A320. Dessas, a A320neo ganhou 1.226 vendas firmes confirmando seu título de “a aeronave vendida mais rapidamente de todos os tempos”. No total, a carteira é de 4.437 aeronaves avaliadas em mais de US$588 bilhões no preço de tabela, ou igualando 7-8 anos de produção. A carteira militar possui 222 aeronaves, incluindo 174 A400M, 22 A330 MRTT, 18 aeronaves leves e médias e a conversão de oito P-3.

A Airbus continua o recrutamento para programas de desenvolvimento de aeronaves, assim como a melhoria de todas as famílias de aeronaves. Em 2011, 4.500 novos funcionários foram contratados, aumentando a força de trabalho ativa para 55.000, e temos como objetivo mais de 4.000 em 2012. “A entrada recorde de encomendas da Airbus é o resultado de nossa decisão estratégica pelo A320neo. Com essa inovação, estabelecemos um novo padrão na indústria, que agradou nossos clientes e foi seguido pela concorrência”, disse Tom Enders, presidente e CEO da Airbus. “Com uma carteira sólida e uma excelente posição de caixa, estamos bem preparados para o futuro. Entretanto, o aumento contínuo de taxas de produção sem precedentes em todos os programas necessitará forte enfoque na cadeia de suprimentos e em nossa própria capacidade de entrega. A contratação de mais de 4.000 pessoas capacitadas em 2012 nos dará ainda mais apoio para alcançar este objetivo”.

error: Conteúdo Protegido !!
Sair da versão mobile