O oitavo fretamento anual “Breast Cancer One” promovido pela Delta Air Lines decolou no último dia 20 de setembro, com funcionárias da companhia sobreviventes ao tratamento. Em memória à Evelyn Lauder, fundadora do “The Breast Cancer Research Foundation” (BCRF), o Boeing 767-40 da Delta assinado como ‘avião cor-de-rosa’ (‘pink plane’) foi dedicado a ela em uma apresentação no aeroporto de LaGuardia em Nova York, contando com a presença do seu marido, Leonard Lauder, presidente do BCRF em exercício e presidente emérito da Estée Lauder Companies, bem como a dos funcionários do BCRF.

“O distinto avião cor-de-rosa da Delta voou pela primeira vez em 2005 e tem voado ao redor do mundo para destacar a conscientização e ajudar a levantar fundos para os esforços de pesquisa que salvam vidas”, diz Joanne Smith, vice-presidente sênior – serviços de bordo. “Este ano, dedicamos o nosso avião cor-de-rosa à memória da fundadora do BCRF, Evelyn Lauder. Nós continuamos a ser inspirados por seu incansável compromisso e determinação na luta para encontrar uma cura para o câncer de mama”.

O avião cor-de-rosa também foi pintado com uma mensagem de boas-vindas: “Obrigado a todos os clientes e colaboradores da Delta. Juntos, arrecadamos US $ 5 milhões para a luta contra o câncer de mama”.

“É muito gratificantes para o The Breast Cancer Research Foundation trabalhar com a Delta uma vez que compartilhamos nosso compromisso de parar esta doença terrível”, disse Myra Biblowit, presidente do BCRF. “Juntas, Evelyn e eu conduzimos a Fundação que era uma pequena organização norte-americana para tornar-se um patrociador global de pesquisa que já arrecadou mais de 380 milhões de dólares desde sua criação em 1993. Nosso progresso até só é possível graças ao apoio de parceiros especiais como Delta Air Lines, seus clientes e seus funcionários. A dedicação do avião cor-de-rosa para Evelyn em resposta ao seu sonho de viver em um mundo livre do câncer de mama é, de longe, uma expressão única que continua a refletir o apoio que ela empenhou à missão do BCRF”.

O avião cor-de-rosa da Delta voou do Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson de Atlanta para o Aeroporto de LaGuardia em Nova York com mais de 140 funcionárias sobreviventes do câncer de 19 departamentos diferentes de 35 localidades ao redor do mundo.

Além do avião cor-de-rosa, em todo o mês de outubro o edifício administrativo da Delta será iluminado de luzes cor-de-rosa em apoio ao BCRF. Empregados da Delta também irão usar uniformes e vender produtos da cor rosa, incluindo uma limonada e fones de ouvido rosa à bordo e em clubes Sky Delta visando aumentar a conscientização e o apoio à pesquisa para o câncer de mama. Todos os rendimentos visam beneficiar o BCRF.

A Delta também vai doar US $ 1 para o BCRF pelos primeiros 50 mil “curtir” na nova página do Facebook da Delta em outubro. Fãs novos e atuais poderão baixar imagens de capa e perfil personalizados no Facebook da Delta, destacando a contribuição pela causa.

A Delta iniciou sua parceria com o BCRF em 2005. Desde então, os funcionários e os clientes levantaram mais de US $ 5 milhões e contribuíram para 18 bolsas de pesquisa em todo o mundo totalmente financiadas.

 

O avião “cor-de-rosa” internacional da Delta, um Boeing 767-400 que apresenta o logotipo do BCRF representado por uma fita rosa na cauda do avião e ao lado da porta de embarque, levou cerca de 266.753 clientes e voou cerca de 10.600 horas – ou aproximadamente 1.300 viagens ao redor do mundo – desde que foi pintado de rosa em maio de 2010. A aeronave voa rotas internacionais e promove a sensibilização sobre o BCRF no Brasil, Inglaterra, Alemanha, Rússia e nos Estados Unidos este ano. O primeiro avião cor-de-rosa da Delta foi um Boeing 757 que, entre 2005 e 2010, voou por todo os Estados Unidos, América Latina e Caribe para instigar a conscientização sobre causa.