Hebei Airlines, da China, expande frota com mais cinco Embraer 190

1282

, Hebei Airlines, da China, expande frota com mais cinco Embraer 190, Portal Aviação Brasil

Farnborough, Reino Unido, 9 de julho de 2012 – A Embraer anunciou hoje a aquisição de mais cinco jatos EMBRAER 190 pela a Hebei Airlines, da China, a serem entregues até o final de 2013. O valor total do negócio, pelo preço de lista, é de USD 226 milhões. O acordo, divulgado durante o Show Aéreo Internacional Farnborough, foi registrado pela Embraer nos pedidos firmes em carteira a entregar do segundo trimestre de 2012.

“A aprovação do governo chinês para a Hebei Airlines adquirir mais cinco E190 indica a confiança no desempenho e na contribuição dos E-Jets para o desenvolvimento da indústria da aviação da China”, disse Paulo Cesar de Souza e Silva, Presidente da Embraer, Aviação Comercial. “Os E-Jets são líderes de mercado neste segmento na China e reconhecidos pela versatilidade e apelo junto aos passageiros, e ajudarão a Hebei Airlines a expandir sua rede, explorando novas mercados e acrescentando frequências nas rotas existentes.”

Com sede em Shijiazhuang, Província Hebei, na China, a Hebei Airlines tem atualmente dois E190 em serviço, cobrindo oito destinos com cerca de 70 voos por semana. Os jatos têm mantido sólido desempenho operacional desde que entraram em serviço, em janeiro de 2012, com uma média de confiabilidade de horário de 99,5% e 100% de taxa de conclusão de operação, enquanto as horas diárias de utilização têm crescido.

“É estimulante conseguir a aprovação do governo para mais cinco E190. Os dois jatos em operação têm mantido desempenho excepcional. A aprovação demonstra o reconhecimento pelas autoridades da contribuição da Hebei Airlines ao desenvolvimento do setor aéreo e econômico da província de Hebei. A expansão da frota de E-Jets vem ao encontro da nossa estratégia de marketing, e temos certeza de que o tamanho correto dos  E190, com seu desempenho econômico excelente, contribuirão para o desenvolvimento da companhia”, disse Luo Zhanling, Vice-Presidente e CEO da Hebei Aviation Investment Group.

A Embraer tem mais de 60 jatos E190 em serviço na China, onde o avião entrou no mercado em 2008. A previsão da Embraer é que 1005 jatos de até 120 assentos entrarão no mercado chinês nos próximos 20 anos.

O E190 é o terceiro de quatro integrantes da família de E-Jets. Com alcance de 4.450 quilômetros (2.400 milhas náuticas), o jato de 100 assentos oferece alta flexibilidade de operação em pares de cidades com mais de cinco horas e meia de tempo e voo. Em operação desde 2004, a família E-Jets tem cerca de 850 aeronaves em operação em 61 companhias aéreas em 42 países, ajudando companhias aéreas a dimensionar corretamente suas frotas, substituindo aeronaves mais antigas e ineficientes e desenvolvendo novos mercados com custos operacionais mais baixos.

Sobre a Hebei Airlines

A Hebei Airlines foi inaugurada em 29 de junho de 2010, e é a principal afiliada do Hebei Aviation Investment Group. Baseada no Aeroporto Internacional Shijiazhuang Zhengding (SJW), a empresa se concentra principalmente no transporte de passageiros, cargas e correspondência e, parcialmente, na aviação geral e outros serviços associados ao transporte aéreo.

A companhia segue à risca a estratégia de “começar com a aviação regional, integração regional com a linha principal, conseguir apoio do governo e ser complementada pelas operações em terras”, e cumpre com o compromisso de ser “segura e eficiente, voltada à credibilidade e ao cliente e procurar a excelência”. Na fase inicial, a companhia se concentrou nos voos regionais dentro da província de Hebei e nas cidades vizinhas, que podem ser alcançadas por via aérea em um ou duas horas. Ela criou quatro redes, ou seja, um polo entre províncias, uma rede regional, um sub-hub de Beijing e o “anel expresso de Bohai”. Junto com o crescimento dos negócios, a Hebei está progredindo como uma companhia aérea integrada especializada em negócios regionais e de linha principal, prestando serviços nas regiões urbana e rural, aumentando voos, explorando rotas internacionais e aprimorando o desenvolvimento da malha. A previsão é expandir a frota para 20 aeronaves até o final de 2015, transportando mais de 3 milhões de passageiros por ano.

Comments are closed.