Os pilotos da Lufthansa podem iniciar amanhã uma greve de “aviso” e querem que a companhia aérea alemã refaça a proposta de reajuste salarial aos funcionários, disse hoje o negociador do sindicato Vereinigung Cockpit, Niels Struben. O sindicalista lembrou que a greve pode prejudicar vôos domésticos e internacionais que partem da Alemanha e afirmou que o sindicato pode decretar uma greve total no começo da próxima semana.

O sindicato informou que vai fazer uma votação entre os pilotos nos próximos dois dias para decidir se haverá paralisação total na semana que vem, mas não descartou a hipótese de uma greve ser iniciada antes de a votação ser encerrada. Struben não confirmou a informação de que os pilotos pedem um aumento de 30% a 35%, mas disse que está disposto a negociar o pagamento de acordo com o desempenho da empresa. A Lufthansa ofereceu um aumento entre 10% e 16,67% a seus 4.200 pilotos.
Fonte: Agência Estado
Jornalista: Agência Estado
E-mail: [email protected]
São Paulo / SP

Próximo artigoGol inicia rota Campinas – Rio de Janeiro
Profissional do setor de aviação desde 1992, Barros foi o criador de associações vocacionais como Cotan e ApoVoos, que funcionaram até 1999. A transição da ApoVoos para Aviação Brasil ocorreu no ano 2000, com o boom da internet, e desde então é o responsável pela edição de matérias do Portal. Formado em Marketing pela Anhembi Morumbi, teve passagens por empresas do setor e de tecnologia, onde se especializou com conhecimentos de dados e inteligência artificial. É o responsável pela transição do Portal para uma empresa de Inteligência de Mercado.