Um total de nove pessoas foram hospitalizadas hoje por causa de um escape de gases produzido em um Airbus A330-300 da companhia aérea australiana Qantas. O incidente provocou a aterrissagem de emergência do aparelho no aeroporto de Adelaide.
As vítimas, sete membros da tripulação e dois passageiros, foram internadas no Hospital Real de Adelaide, para onde se desviou o avião de 274 passageiros que cobria a rota Melbourne-Perth.

Os pacientes se encontram em situação estável, após sofrerem náuseas devido à inalação dos gases. Ainda não se sabe as causas do incidente, mas a empresa já anunciou o início de uma investigação para apurar. A aeronave iniciou seus serviços no início de dezembro.

FONTE: Agência EFE – Fernando Valduga – Porto Alegre/RS

Deixe uma resposta