Foto: Divulgação Infraero

Atualizamos os números do Aeroporto Internacional de João Pessoa, administrado desde 2020 pela AENA Brasil. Neste trabalho inédito apresentamos informações do histórico de passageiros embarcados e desembarcados no aeroporto de 2000 a 2020, a participação de mercado das empresas em operações domésticas e internacionais nos últimos 5 anos, entre 2016 e 2020, e finalizando com os voos vigentes no aeroporto.

Vejam os números operacionais do aeroporto, atualizados pelo Portal Aviação Brasil

A pandemia de Covid-19 gerou uma queda na movimentação de passageiros de 45% em 202 comparado com 2019. Foram 752.950 passageiros embarcados e desembarcados em 2020, número pouco inferior a 2010, para termos ideia de como a pandemia afetou o crescimento do aeroporto.

Participação de mercado dos últimos 5 anos, das empresas que operam em João Pessoa, voos domésticos de passageiros

Em 2016 havia uma concorrência muito maior no aeroporto entre a Gol, Latam Avianca Brasil e Azul, com números que ficaram parecidos até 2018. Em 2019, com a quebra da Avianca Brasil, os passageiros foram absorvidos pela Gol e Latam e com pouco crescimento na Azul. O que vemos em João Pessoa é uma Gol que conquistou quase 16% mais mercado que o que ela detinha em 2016.

Participação de mercado dos últimos 5 anos, das empresas que operam em João Pessoa, voos internacionais de passageiros

No cenário internacional a exclusividade do serviço, por enquanto, é da Gol.

Um pouco mais de história…

O Aeroporto Internacional de João Pessoa passou a ser administrado pela Aena Brasil, marca registrada da companhia espanhola Aena, no começo de 2020. A Aena é considerada pelo Conselho Internacional de Aeroportos como a maior operadora aeroportuária do mundo em número de passageiros, com mais de 275,2 milhões em 2019 na Espanha.

O aeroporto completou 63 anos de operações em 20 de agosto de 2020 e tem capacidade para receber 2,3 milhões de passageiros por ano.

O primeiro terminal de passageiros e a pista do aeroporto foram construídos pelo Ministério da Aeronáutica e operado pelo antigo DAC – Departamento de Aviação Civil, que instalou um Destacamento de Proteção ao Voo, em 1957.

Em 1º de julho de 2017, o aeroporto registrou seu primeiro voo internacional em 16 anos. A Gol Linhas Aéreas passou a ofertar um voo semanal que ligava a capital paraibana a Buenos Aires, capital da Argentina.

O terminal recebeu, entre 2016 e 2017, investimento em melhorias como a nova Torre de Controle e a instalação das novas esteiras da sala de desembarque e da nova área de check-in do terminal de passageiros que foram substituídas por equipamentos mais modernos e mais largos, o que facilitou o processo de retirada das malas.

Já a nova área de check-in, que conta agora com 10 novos balcões, e recebeu um conjunto de esteiras e balanças para o despacho das bagagens.

O aeroporto conta agora com 28 balcões de check-in, aumentando a capacidade de atendimento de passageiros.

Voos em Operação