Home Aeroportos Os números do Aeroporto Internacional de Tabatinga

Os números do Aeroporto Internacional de Tabatinga

Os números do Aeroporto Internacional de Tabatinga
Foto: Red Engenharia

Atualizamos os números operacionais do Aeroporto de Tabatinga, no Amazonas, administrado pela Infraero. Neste trabalho inédito apresentamos informações do histórico de passageiros embarcados e desembarcados no aeroporto de 2000 a 2020, a participação de mercado das empresas em operações domésticas nos últimos 5 anos, entre 2016 e 2020, e finalizando com os voos vigentes no aeroporto.

Vejam os números operacionais do aeroporto, atualizados pelo Portal Aviação Brasil

A pandemia trouxe os números de passageiros embarcados e desembarcados para as proximidades de 2011. Houve uma queda de 35% comparado a 2019.

Participação de mercado dos últimos 5 anos, das empresas que operam em Tabatinga, voos domésticos de passageiros

No período analisado de 2016 a 2020 percebemos o amplo domínio da Azul Linhas Aéreas. A MAP operou até 2019 no aeródromo.

Voos em Operação

Com a pandemia, o único voos vigente é um da Azul para a capital, Manaus, com Embraer 195.

Um pouco mais de história…

A pista do aeroporto foi construída em 1964 e entrou em funcionamento em 1965, com o objetivo de atender as necessidades e demandas do Correio Aéreo Nacional – apoiando logisticamente as comunidades civis instaladas na região do Alto Solimões –, da Força Aérea Brasileira (FAB) e de batalhões militares fundados pelo Exército Brasileiro, na vasta fronteira do extremo oeste da Amazônia com os países vizinhos, Peru e Colômbia.

O Aeroporto Internacional de Tabatinga foi absorvido pela Infraero no dia 31 de março de 1980. Está situado em área de fronteira do Brasil com a Colômbia e Peru.

Na segunda quinzena de janeiro de 2016 a Infraero entregou as obras de reforma e ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional de Tabatinga (AM). Foram investidos R$ 20,48 milhões nas melhorias, que ampliaram a área do terminal de 1.065 m² para 5.221 m², aumentando a capacidade operacional do aeroporto de 600 mil passageiros/ano para 2,3 milhões de passageiros/ano.

Com a conclusão das obras, a área total das salas de embarque e desembarque passou de 238 m² para 1.166 m², sendo que a sala de desembarque também ganhou uma segunda esteira de restituição de bagagens. Além disso, a área de check-in foi ampliada, passando a contar com espaço para oito balcões de atendimento.

A área comercial do terminal de passageiros também foi expandida e conta agora com 24 novos espaços, incluindo uma nova praça de alimentação, cujo processo de licitação deve iniciar em fevereiro. As áreas administrativas, de empresas concessionárias e de uso das empresas de serviços auxiliares de transporte aéreo também foram ampliadas. As obras contemplaram ainda uma nova Estação de Tratamento de Esgoto, uma nova subestação de energia com potência de 1000 kVA, além de dois geradores de 325 KVA cada, duas novas torres de iluminação do pátio de manobras, entre outras melhorias.

Além da demanda de passageiros, o Aeroporto Internacional de Tabatinga também serve como ponto de apoio para as operações militares na região – Tabatinga faz fronteira com a Colômbia e o Peru.

error: Conteúdo Protegido !!
%d blogueiros gostam disto: