Alta e Iata anunciam programa de análise de tendências para segurança

484
, Alta e Iata anunciam programa de análise de tendências para segurança, Portal Aviação Brasil

, Alta e Iata anunciam programa de análise de tendências para segurança, Portal Aviação Brasil

A ALTA (Associação de Transporte Aéreo da América Latina e do Caribe) e a IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo) colocaram em vigor o programa ALTA-IATA de análise de tendências, um esforço conjunto para analisar, controlar e mitigar os riscos de segurança na região, concentrando os recursos nas principais áreas de preocupação.

O AITSP foi assinado pelo Diretor Executivo da ALTA, Alex De Gunten e o Diretor Geral da IATA, Tony Tyler, durante o 8o Fórum anual ALTA de líderes da aviação no Rio de Janeiro, Brasil, que contou com a participação de mais de 500 líderes da indústria da aviação.

As estratégias do AITSP incluirão a identificação de oportunidades de melhoria, promovendo o intercâmbio das melhores práticas e fornecendo a capacidade de comparar o desempenho com o resto da indústria.

“Como sempre, a segurança é a prioridade número um da ALTA. O nosso objetivo é que os transportadores da América Latina e do Caribe, correspondam ou superem o recorde de segurança dos Estados Unidos em 2014,”disse Alex de Gunten, Diretor Executivo da ALTA. “Em conjunto com a IATA, estamos tomando medidas para ajudar além disso a reduzir os riscos de segurança mais críticos da região, como são os deslizamentos na pista. As transportadoras da ALTA não tiveram nenhum acidente fatal durante estes três últimos anos, nos estamos comprometidos em garantir padrões de melhoria na segurança em toda a região.”

“A segurança é um esforço em equipe. Este acordo é o primeiro do seu tipo entre a IATA e uma associação regional, e reflete a nossa responsabilidade com a prioridade Top da aviação – à segurança. Os dados são uma ferramenta importante para concentrar nossos esforços nas áreas mais importantes. Incluindo todos os membros da ALTA no Centro Global de Informações de Segurança (GSIC) irá adicionar uma dimensão importante para a nossa coleta de dados. E ainda mais importante, o acesso à análise GSIC vai nos ajudar a responder às tendências de segurança na América Latina e no Caribe para fazer uma aviação mais segura “, Disse Tony Tyler, DG e CEO da IATA.

A ALTA e a IATA originalmente apresentaram o AITSP, que foi aprovado com unanimidade pelos mais de 40 representantes das companhias aéreas, durante 2a Cúpula Pan-americana de Segurança de Aviação realizada no início deste ano na Cidade do México. O AITSP permite às companhias aéreas compartilhar e comparar dados de tendências de segurança. A base do programa usara o GSIC da IATA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here