Avião EMB 145 AEW&C da Embraer é Mostrado em Feira Internacional pela Primeira Vez

11

A Embraer anunciou hoje sua participação no 9º Dubai International Air Show (Dubai 2005), evento em que promove os avanços nos programas de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (ISR, na sigla em inglês), bem como o avião de treinamento Super Tucano. A aeronave EMB 145 Airborne Early Warning and Control (AEW&C) está sendo exibida na parte externa do chalé da Embraer na feira. O salão aeronáutico Dubai 2005 acontece entre 20 e 24 de novembro no Airport Expo em Dubai, Emirados Árabes Unidos.

A exibição na feira Dubai 2005 é a primeira do sistema ISR no Oriente Médio. O EMB 145 AEW&C (designado pela FAB como R-99 A) voou cerca de 7.500 milhas náuticas (13.890 km) de sua base em Anápolis, estado de Goiás, por aproximadamente 18 horas, com 100% de despachabilidade e dispensando a necessidade de apoio de outra aeronave. O Coronel Barbacovi é o líder da tripulação da FAB responsável por este feito.

“Estamos muito orgulhosos e animados por trazer o avião para este importante evento, o que permite aos clientes da região visitar a aeronave e conhecer pessoalmente a tripulação da FAB”, disse Romualdo Monteiro de Barros, Vice-Presidente Executivo para o Mercado de Defesa e Governos da Embraer, que acrescentou: “o retorno da FAB sobre o uso da frota de aviões ISR é excelente no que diz respeito à eficiência de missão, facilidade de operação e manutenção. Os sistemas ISR da Embraer estão provando ser a melhor opção em tecnologia, eficiência de missão e custo.”

Há cinco aviões R-99 A e três R-99 B (EMB 145 Remote Sensing – RS) em operação no chamado Sistema de Vigilância da Amazônia (SIVAM) desde julho de 2002. Esses já acumulam mais de 11.000 horas de vôo na região amazônica, tendo elevado os níveis de monitoramento, cumprimento da lei e segurança nacional na área.

Os sistemas ISR da Embraer foram originalmente desenvolvidos no Brasil para o SIVAM. Iniciado em 1997, o SIVAM já atingiu status operacional completo. A plataforma ERJ 145 foi modificada para atender os requisitos das missões ISR, bem como os requisitos de integração de equipamentos. A linha de produtos ISR da Embraer é composta das seguintes diferentes versões de aeronaves: EMB 145 AEW&C, EMB 145 RS/AGS, e P-99.

EMB 145 AEW&C – Esta é uma das mais avançadas aeronaves de alerta aéreo antecipado e controle disponíveis no mercado. Garante altos níveis de eficiência de missão devido a seu curto tempo de reação, alcançando rapidamente altitudes operacionais com ampla cobertura de área e excelente capacidade de tempo em estação. O AEW&C é equipado com um exclusivo sistema de radar multimodo de alto desempenho com Doppler ativo em phased-array, incluindo comando e controle a bordo e um avançado sistema de enlace de dados para transmissão e recepção.

O principal equipamento do EMB 145 AEW&C é um compacto sistema de missão no estado-da-arte. Construído pela Ericsson, o radar PS-890 ERIEYE é dotado de tecnologia de sensor inteligente e sistemas de controle e comando com interface amigável ao usuário, permitindo rápida, abrangente e precisa aquisição de informações.

EMB 145 RS/AGS – Aeronave capaz de desempenhar operações de vigilância de solo e sensoriamento remoto.

P-99 – Aeronave projetada para missões de patrulha marítima e para ações ofensivas contra submarinos e navios de superfície. Em uma de suas versões, a Maritime Patrol (MP), o Governo do México usa a aeronave para vigiar e monitorar Zonas Econômicas Exclusivas e águas territoriais.

Os aviões do sistema ISR demonstram as claras vantagens de se utilizar uma plataforma comprovada, que oferece disponibilidade mundial de peças de reposição, baixo custo de aquisição inicial, baixo custo de hora voada e alta despachabilidade. Em particular, com quase 1.000 unidades voando em todo o mundo e mais de 8 milhões de horas voadas acumuladas, a família ERJ 145 é equipada com o que há de mais novo em tecnologia de sistemas, sendo o mais avançado jato regional do mercado e apoiado por uma estrutura altamente confiável de manutenção.

Os aviões ISR da Embraer, além de cumprir todos os requisitos do SIVAM do governo do Brasil, foram encomendados pela Grécia e México.

O Super Tucano, renomado turboélice militar multimissão para treinamento básico e avançado, familiarização com armamentos e ataque leve, já é operado pela FAB. As entregas para a FAB do Super Tucano mantêm o ritmo e atingirão, no prazo estipulado, as 76 unidades contratadas (há mais 23 opções de compra). Os Super Tucanos da FAB serão utilizados juntamente com oito aeronaves ISR no programa SIVAM.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here