Início Notícias Aeroportos (Noticias) Centros de Gerenciamento Aeroportuário do Galeão e Santos Dumont entram em operação

Centros de Gerenciamento Aeroportuário do Galeão e Santos Dumont entram em operação

Entraram em operação na última quinta-feira, 21 de julho, os Centros de Gerenciamento Aeroportuário (CGA) do Aeroporto Internacional do Galeão e do Aeroporto Santos Dumont, ambos no Rio de Janeiro. A implantação dos CGAs integra as diretrizes da Secretaria de Aviação Civil (SAC) e tem como objetivo gerir a operacionalidade dos aeroportos em tempo real, conceber e implantar medidas para melhorar o fluxo operacional do aeroporto e aprimorar o atendimento aos passageiros e aeronaves. Participam do CGA representantes da Infraero, Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Polícia Federal, Receita Federal, Vigilância Sanitária, Vigilância Agropecuária e companhias aéreas. A gestão ocorre de maneira compartilhada, baseada nas informações e recursos disponibilizados pelos integrantes do Centro.

Já estão em operação também os CGAs dos aeroportos internacionais de Guarulhos (SP), Brasília (DF) e Confins (MG). O Aeroporto de São Paulo/Congonhas será o próximo a contar com as instalações.

Ambos os Centros operam 24 horas por dia. O CGA do Galeão está localizado no Prédio da Administração da Infraero, numa área de aproximadamente 210 m². Nele, dez monitores de 55 polegadas são ligados aos sistemas de câmeras de vigilância, ao Sistema Informativo de Voos (SIV), com informações de chegadas e partidas dos aeroportos da Rede Infraero, e ao sistema que controla as posições de estacionamento das aeronaves. As instalações também contam com 13 computadores e sala de reuniões. “Em breve o CGA do Galeão terá mais dois segmentos, Segurança e Manutenção, o que possibilitará ações ainda mais rápidas e eficazes”, afirmou o superintendente do Galeão, Abibe Ferreira Júnior.

O CGA do Santos Dumont está em uma sala de 70 m², contando com dez computadores, dez monitores de 55 polegadas, rádios e telefones. Todos os dispositivos são integrados ao sistema de monitoramento do aeroporto, disponíveis para o uso das companhias aéreas, Polícia Federal, Agencia Nacional de Aviação Civil (Anac), Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) e Infraero. “A Infraero abasteceu o Centro com os melhores equipamentos em sua modalidade para garantir a eficácia do sistema e o máximo de segurança, conforto e eficiência no atendimento”, notou Aparecido Iberê de Oliveira, superintendente do Santos Dumont.

error: Conteúdo Protegido !!
Sair da versão mobile