Embraer e Azul assinam contrato de gestão de manutenção

74

A Embraer anunciou hoje que assinou com a Azul Linhas Aéreas um contrato de longo prazo de Gestão de Manutenção de Componentes para a frota da companhia aérea de aviões Embraer 190 e Embraer 195, modelos da primeira geração de jatos comerciais da família de E-Jets da Embraer.

Por meio do portfólio de soluções TechCare, a Embraer cobrirá mais de 300 componentes reparáveis e também fornecerá suporte de engenharia a partir do seu centro de distribuição de peças em Ft. Lauderdale, na Flórida, Estados Unidos.

Com esse contrato, a Azul garante o suporte de última geração do fabricante para todos os aviões da Embraer que opera, incluindo a nova frota de jatos E2, nova geração da família de E-Jets, que já está coberta pelo programa de Pool. A Azul aderiu ao Programa de Pool de serviços da Embraer em dezembro de 2008, quando começou a operar os E-Jets da primeira geração, e mais recentemente ao Programa de Gestão de Manutenção de Componentes.

“Estamos muito orgulhosos de que a Azul tenha depositado ainda mais confiança na Embraer para que continuemos atendendo e garantindo a disponibilidade de sua frota com soluções eficazes, eficientes e competitivas, o que fortalece nossa parceria estratégica de longa data”, disse Johann Bordais, Presidente e CEO da Embraer Serviços & Suporte.

Atualmente, a Embraer oferece suporte a mais de 50 companhias aéreas em todo o mundo, com seu conhecimento técnico e sua vasta rede de fornecedores de serviços de componentes. Os resultados para as operadoras são uma significativa economia nos custos de reparo e estoque, redução no espaço necessário para armazenamento e nos recursos necessários para gestão de consertos, garantindo, assim, níveis de desempenho.

A TechCare, que reúne todo o portfólio de serviços e suporte da Embraer, oferece um amplo conjunto de soluções pensadas para cada cliente a fim de dar suporte à crescente frota mundial de aeronaves Embraer e proporcionar a melhor experiência no pós-venda na indústria aeroespacial global.

Deixe uma resposta