A Infraero emitiu boletim dizendo estaronitorando os transtornos ocorridos nesta segunda-feira, 2 de agosto, em função dos atrasos nos voos da companhia aérea Gol, impactados pela implantação de um novo sistema de escalas, o que ocasionou a falta de tripulantes da companhia. A falta é devido algumas tripulações atingiram o limite de horas de jornada de trabalho previsto na regulamentação da profissão e foram impossibilitadas de seguir viagem, gerando um efeito em cascata.

A Infraero diz ainda que todos os procedimentos de auxílio operacional foram colocados à disposição da empresa aérea, a fim de amenizar o desconforto dos passageiros.
O comportamento dos atrasos da companhia aérea Gol, cujas informações são repassadas pela própria empresa e divulgadas pela Infraero, atingiu até às 15h30 desta segunda, o pico de 54,5% de atraso das 538 partidas programadas.