Sinop, Novidades da Azul e da MAP para Cascavel, Sinop e Parintins, Portal Aviação Brasil

Sinop, no Mato Grosso, e Cascavel, no Paraná, terão mais ofertas da Azul. A partir de 01 de junho, a companhia irá oferecer uma nova rota para os Clientes do Centro-Oeste, ligando Sinop ao principal centro de conexões da Azul no país, Campinas.

Já em Cascavel, onde hoje a empresa opera apenas com os ATR’s 72-600, terá voos para Campinas com as aeronaves modelo Embraer, aumentando em 68% a oferta de assentos por dia. O incremento de capacidade nesse mercado deve acontecer no segundo trimestre do ano.

Sinop – Campinas contará com cinco voos semanais, de segunda a sexta, a partir de 01 de junho. O novo mercado ganhará uma sexta frequência semanal, aos domingos, a partir de 02 de setembro. Quando a alteração na malha entrar em vigor, a base de Sinop terá voos exclusivamente com as aeronaves da Embraer, que podem transportar até 118 Clientes, ampliando a oferta de assentos de e para a cidade.

As novidades em Cascavel também envolvem aumento de capacidade da Azul, que passará a operar no destino, ainda neste semestre, com aeronaves maiores. Na rota para Campinas, a oferta de lugares vai pular de 140 para 236 assentos por dia.

Ja a MAP Linhas Aéreas está ampliando o número de voos com destino a Parintins, no período do Festival Folclórico, que este ano acontece de 28 a 30 de junho. A companhia irá disponibilizar 118 voos para a ilha Tupinambarana, sendo 82 extras, para viagens entre 22 de junho a 02 de julho. No ano passado, foram 82 voos, sendo 56 extras.

Nesse período, a MAP costuma registrar aumento de cerca de 400% no fluxo de passageiros para Parintins. Segundo o gerente de Revenue Management da MAP, Mauro Neto, o número de visitantes no município tem aumentado a cada ano, por isso, a companhia preparou um planejamento capaz de atender a demanda projetada para 2019. “Este é o período de maior fluxo de passageiros em Parintins. O município recebe turistas do mundo inteiro, que vêm ao Amazonas para conhecer o festival, patrimônio cultural do Brasil, e as belezas naturais da região”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here