Para onde voava a Azul antes da pandemia e quais cidades domésticas ainda não tiveram seus voos retomados

Veja quando as cidades tiveram voos suspensos e quando haverá novas retomadas confirmadas

Foto: Alexandre Barros

A Azul Linhas Aéreas iniciou 2020 voando para 104 destinos domésticos e 11 internacionais. Em um levantamento inédito, realizado pelo Portal Aviação Brasil, com todas as aéreas brasileiras, listamos abaixo quais eram as localidades atendidas pela Azul no pré-pandemia, e quais cidades ainda faltam retomar seus voos.

Localidades que não tiveram voos suspensos

Altamira (PA), Belém – Val de Cans (PA), Belo Horizonte – Confins (MG), Boa Vista (RR), Brasília (DF), Campinas – Viracopos (SP), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Curitiba – Afonso Pena (PR), Fernando de Noronha (PE), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), Juazeiro do Norte (CE), Manaus (AM), Montes Claros (MG), Palmas (TO), Petrolina (PE), Porto Alegre (RS), Porto Velho (RO), Recife (PE), Rio de Janeiro – Santos Dumont (RJ), Salvador (BA), Santarém (PA), São Luis (MA), Uberlândia (MG) e Vitória (ES)

Localidades que tiveram voos suspensos em abril e retomados em maio

Chapecó (SC), Fortaleza (CE), Foz do Iguaçu (PR), Londrina (PR), Macapá (AP), Marabá (PA), Navegantes (SC), São José do Rio Preto (SP) e Teresina (PI)

Localidades que tiveram voos suspensos em abril e retomados em junho

Aracajú (SE), Araçatuba (SP), Natal – São Gonçalo do Amarante (RN), Ribeirão Preto (SP), Rondonópolis(MT) e São Paulo – Congonhas (SP)

Localidades que tiveram voos suspensos em abril e retomados em julho

Alta Floresta (MT), Bauru – Arealva (SP), Carajás (PA), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Maringá (PR), Porto Seguro (BA), Rio de Janeiro – Galeão (RJ) e São Paulo – Guarulhos (SP)

Localidades que tiveram voos suspensos em maio e retomados em julho

Tabatinga (AM) e Tefé (AM)

Localidades que tiveram voos suspensos em abril e retomados em agosto

Campina Grande (PB), Dourados (MS), Goianá (MG), Governador Valadares (MG), Ilhéus (BA), Joinville (SC), Presidente Prudente (SP) e Vitória da Conquista (BA)

Localidades que tiveram voos suspensos em abril e retomados em setembro

Barreiras (BA), Cascavel (PR), Imperatriz (MA) e Rio Verde (GO)

Localidades que tiveram voos suspensos em abril e retomados em outubro

Marília (SP) e Sorriso (MT)

Localidades que tiveram voos suspensos em abril e retomarão em novembro

Jericoacoara (CE) e Teixeira de Freitas (BA)

Localidades que tiveram voos suspensos em abril e retomarão em dezembro

Pelotas (RS) e Santa Maria (RS)

Localidades que tiveram voos suspensos em abril e ainda não tiveram voos retomados

Aracati (CE) , Araraquara (SP), Araxá (MG), Barra dos Garças (MT), Bonito(MS), Cabo Frio (RJ), Cacoal (RO), Caldas Novas (GO), Campos (RJ), Caxias do Sul (RS),
Corumbá (MS), Feira de Santana (BA), Guarapuava (PR), Ipatinga (MG), Jaguaruna (SC), Jericoacoara (CE), Ji-Paraná (RO), Lages (SC), Lençóis (BA), Macaé (RJ), Mossoró (RN), Parnaíba (PB), Passo Fundo (RS), Pato Branco (PR), Paulo Afonso (BA), Pelotas (RS), Ponta Grossa (PR), Santa Maria (RS), Santo Ângelo (RS), São José dos Campos (SP), Teixeira de Freitas (BA), Toledo (PR), Três Lagoas (MS), Uberaba (MG), Uruguaiana (RS) ,Valença – Morro de São Paulo (BA), Varginha (MG) e Vilhena (RO)

Localidades que tiveram operações diferenciadas

Belo Horizonte – Pampulha (MG) – Operações iniciadas em junho pontualmente
Patos de Minas (MG) – uma única operação em fevereiro
Sinop (MT) – não operado até junho e início de operações em julho
Trombetas (PA) – operação pontual em junho e julho
Una – Hotel Transamérica (BA) – uma única operação em março

Assim como na matéria sobre a retomada dos voos internacionais no Brasil, atualizaremos esta matéria com novas informações de retomada de bases da Azul, assim que as recebermos.

Deixe uma resposta