Pilotos e Comissários da Gol aprovam proposta inédita de acordo coletivo

166
Foto: Alexandre Barros

A Gol Linhas Aéreas aprovou um acordo coletivo inédito com o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), cujos objetivos primordiais são a manutenção dos empregos e a preservação do caixa nesse momento desafiador vivido em razão da pandemia do coronavírus no País.

Após um mês de negociações com o Sindicato, chegou-se a um acordo inédito no mercado da aviação, válido pelos próximos 18 meses. A medida, que pode se tornar uma referência para outras empresas do setor, abrange 926 comandantes, 964 copilotos e 3.262 comissários de bordo da Gol.

Foram dois dias de votação (3 e 4 de junho), com um resultado que atende completamente aos anseios de estabilidade de emprego, flexibilidade – ou seja, a capacidade de resposta rápida à recuperação das operações – e manutenção do caixa a curto e médio prazos. Celebrado internamente, o acordo vai ao encontro da cultura da empresa, que é pautada pela Segurança e pelo valor humano e empenhada em assegurar a qualidade técnica do time e a excelência no atendimento aos clientes.

A Gol ainda vê o acordo como uma contribuição para a sociedade, uma vez que persegue, a cada dia, a excelência desse serviço que é essencial ao País. Assim que retomar completamente suas operações no setor aéreo, a Companhia terá preservado um quadro de Colaboradores que já atua de forma séria, coesa e na mesma direção.

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta