Portugal reabre as fronteiras a turistas brasileiros. O que saber da Azul, Latam e Tap?

Foto: Alexandre Barros

O governo português autorizou a realização de viagens não essenciais para o país, suspensas há quase 18 meses em função da pandemia.

Desde ontem, quarta-feira (01), a Azul voltou a realizar voos com a possibilidade de embarque de turistas brasileiros para Portugal.

A Azul oferece atualmente entre três e quatro voos semanais de e para Portugal com decolagens de Campinas (SP). Clientes da Azul podem adquirir passagens e embarcar em voos da companhia para Lisboa apenas com a apresentação de testes negativos para Covid

Para entrar no país, os turistas deverão apresentar o Certificado Digital Covid da União Europeia, comprovativo de realização do teste laboratorial RT-PCR ou teste rápido de antígeno com resultado negativo, realizado nas 72 ou 48 horas anteriores à do embarque. A lista de testes rápidos aprovados pelo Comitê de Segurança da Saúde da União Europeia pode ser consultada no site da companhia, pelo link – https://www.voeazul.com.br/nova-forma-de-viajar.

A Latam ampliou os voos para Portugal após abertura do país para turistas brasileiros

A companhia aumentará em novembro de 4 para 6 voos semanais a rota São Paulo – Lisboa, que voltará a ser operada diariamente em dezembro

A rota conta com aeronaves Boeing 767, que acomodam 30 passageiros na classe Premium Business e outros 191 em Economy.

A TAP aumentará para 52 voos por semana a partir do fim de outubro e reforça sua malha aérea no Brasil programando a retomada de seus voos para os destinos Belém, Maceió e Natal.

Hoje a TAP está preparada para atender os brasileiros com 37 frequências semanais em setembro. São 11 voos por semana de São Paulo para Lisboa e um para o Porto, seis voos Rio de janeiro – Lisboa e um Rio de Janeiro – Porto, três voos de Brasília, três de Belo Horizonte, cinco de Recife, três de Salvador e quatro de Fortaleza, nesses casos, todos para Lisboa.

O plano de voos da TAP para o Inverno IATA, que tem início a 31 de outubro e se prolonga até 26 de março de 2022, prevê, no período de pico de operação programado pela companhia, um total de 52 voos semanais do Brasil para Portugal, e contempla a retomada dos voos para Belém, Natal e Maceió.

Estão previstos, nos períodos de pico,15 voos semanais de São Paulo, sendo 14 para Lisboa e um para o Porto, oito voos a partir do Rio de Janeiro, sete para Lisboa e um para o Porto, dois voos de Belém, quatro voos de Brasília, quatro voos de Belo Horizonte, cinco voos de Fortaleza, três voos de Natal, quatro voos de Recife e mais três voos de Maceió com escala em Recife, e quatro voos de Salvador, todos esses com destino a Lisboa.

Todos os passageiros que pretendam viajar para Portugal por via aérea, exceto as crianças com menos de 12 anos, precisam apresentar comprovante de realização de teste laboratorial molecular por RT-PCR ou teste rápido de antígeno com resultado negativo, realizado nas 72 ou 48 horas anteriores à hora do embarque, respetivamente. Se o passageiro possuir Certificado Digital Covid da União Europeia não precisa apresentar os testes.

Promocionalmente a TAP oferece gratuitamente o teste de Covid para seus passageiros que comprarem passagens neste mês de setembro com viagens previstas até o final do mês de outubro, verificar condições da promoção no site – flytap.com/pt-br.

Passageiros não elegíveis a promoção do teste grátis também podem se beneficiar da rede de parceiros TAP que oferecem testes de Covid com descontos. Para verificar os laboratórios parceiros e as condições gerais de cada um consultem o site da TAP – https://www.flytap.com/pt-br/promo/parceiros-tap

É importante lembrar que, caso os passageiros desejem partir de Portugal para outros destinos da Europa, é necessário verificar as regras que cada país está aplicando na entrada de brasileiros. E na volta para o território brasileiro é necessário apresentar o teste RT-PCR negativo.

Deixe uma resposta