Ações da Embraer disparam 8,18% com encomenda de 80 jatos E195-E2 da Porter Airlines

As ações da Embraer saltaram 8,18% no pregão de hoje da Bovespa, cotadas a R$ 19,70. O motivo da expressiva alta foi a encomenda de 80 jatos Embraer 195-E2 pela companhia Porter Airlines.

Com um pedido firme para 30 jatos E195-E2, da Embraer, e direito de compra de mais 50 aeronaves do mesmo modelo, a Porter Airlines apresentou seu plano de expansão para destinos em toda a América do Norte.

O negócio será incluído na carteira de pedidos (backlog) da Embraer do segundo trimestre e tem valor de US$ 5,82 bilhões, a preço de lista, com todas as opções sendo exercidas. Divulgado em maio de 2021, este anúncio adiciona os direitos de compra e o nome do cliente, que ainda não havia sido divulgado.

A Porter Airlines será o cliente de lançamento da mais nova família de jatos da Embraer, a E2, na América do Norte. O investimento da Porter deve movimentar o mercado da aviação canadense, ampliando a concorrência, elevando os níveis de serviço de passageiros e criando até seis mil novos empregos. A Porter pretende utilizar o E195-E2s em destinos populares de negócios e lazer em todo o Canadá, Estados Unidos, México e Caribe a partir de Ottawa, Montreal, Halifax e do Toronto Pearson International Airport.

A primeira entrega para a Porter está programada para o segundo semestre de 2022. O contrato contempla a opção de converter os direitos de compra para o jato E190-E2. Isso proporcionaria maior flexibilidade para introduzir serviços sem escalas em mercados com menos passageiros e adicionar frequências em rotas de maior demanda.

Deixe uma resposta