Airbus entrega primeiros A350 com opção de telas sensíveis ao toque no cockpit

97

A Airbus iniciou as entregas dos primeiros A350 equipados com novas e pioneiras telas sensíveis ao toque na cabine de comando.

Especialmente desenvolvidas para o A350, em conjunto com a Thales, a tecnologia proporcionará mais eficiência operacional, maior interação da tripulação, simetria no cockpit e uma gestão mais suave das informações. Em 18 de dezembro, a China Eastern Airlines recebeu em Toulouse o primeiro A350 equipado com os novos dispositivos. Até o momento, cerca de 20 companhias aéreas já escolheram a opção para seus novos A350.

A partir de agora, três das seis telas grandes do cockpit do A350 — as duas telas externas e a tela inferior central — podem oferecer sensibilidade ao toque para os pilotos ao apresentar aplicativos EFB (Electronic Flight Bag). Esse novo método de entrada de dados complementa o teclado físico existente integrado à mesa retrátil na frente de cada piloto e também a “unidade de controle do teclado-cursor” (KCCU) do teclado e do trackball localizada no console central.

A nova tecnologia, que foi certificada para o A350 pela EASA em novembro, facilita os gestos de zoom e pinça e proporciona maior flexibilidade e interação entre os dois pilotos, especialmente durante os seguintes cenários: (a) antes da decolagem (para calcular o desempenho na decolagem ao inserir dados no sistema “FMS” de gerenciamento de voo); (b) em voo/cruzeiro (para acessar as cartas de navegação em rota); e (c) durante a preparação da aproximação (para consultar as tabelas de terminais antes de inserir os dados do FMS). Além disso, durante as fases de alta carga de trabalho do voo, a capacidade da tela sensível ao toque reduz a necessidade dos pilotos fazerem vários comandos com o cursor e evita que tenham que alternar entre diferentes telas ao usarem os aplicativos do EFB de forma colaborativa na tela central inferior.

“Com essas novas telas interativas sensíveis ao toque no A350, a Airbus continua a definir tendências do setor no design de cabines de comando de aeronaves. Juntamente com nossa parceira Thales, estamos muito orgulhosos de trazer essa tecnologia aos nossos clientes, visando aprimorar as operações de suas tripulações de voo”, declarou Patrick Piedrafita, diretor do programa A350 XWB da Airbus.

O A350 XWB apresenta o mais recente design aerodinâmico, fuselagem e asas de fibra de carbono, além de novos motores Rolls-Royce com baixo consumo de combustível. Juntos, esses recursos se traduzem em níveis incomparáveis ​​de eficiência operacional, com uma redução de 25% na queima de combustível e nas emissões. Até o final de novembro, a família A350 XWB havia recebido 959 pedidos firmes de 51 clientes.

Deixe uma resposta