Delta retoma voos para Argentina, Chile e Equador

Companhia agora atende 35 destinos em toda a região da América Latina e Caribe

A Delta reiniciou as operações na Argentina, no Chile e no Equador, a tempo para os clientes que buscam lugares de clima quente para aproveitar as férias, o que também marca o retorno da companhia para a maioria dos países da América Latina que atendia antes da pandemia de Covid-19.

Os voos entre o Aeroporto Internacional Hartsfield, em Atlanta, e o Aeroporto Internacional Arturo Merino, em Santiago, no Chile, e entre Atlanta e o Aeroporto Internacional Mariscal Sucre, em Quito, no Equador, foram retomados no último dia 18 de dezembro, enquanto o serviço de Atlanta para o Aeroporto Internacional de Ezeiza, em Buenos Aires, na Argentina, foram retomados em 19 de dezembro. As frequências para Santiago e Buenos Aires são oferecidas a bordo de aeronaves Boeing 767-400ER e, as que se destinam a Quito, em aviões Boeing 767-300ER. As três rotas contam com serviço nas cabines Delta One, Delta Comfort+ e Main Cabin.

Com o retorno dos voos para cada um dos países sul-americanos atendidos pela Delta antes da pandemia de Covid-19, a empresa aérea agora opera em 35 cidades no Caribe, México, América Central e América do Sul.

Deixe uma resposta