Foto: Enos Moura Filho

A JadLog era uma empresa que opera exclusivamente carga aérea e possuia uma rede de franqueados muito abrangente, boa parte deles originadas nas antigas VarigLog e Vaspex. Para suportar a rede de franqueados a companhia contava com uma frota de 31 aeronaves Cessna Caravan, da parceira Two Flex.

Faturou R$ 353 milhões em 2014, o que representou um crescimento de 11,7% em comparação ao resultado de 2013. Contribuiu, para esse desempenho, a forte atuação comercial da rede franqueada JadLog, composta por mais de 500 unidades espalhadas pelo Brasil, que ampliou os negócios de transporte de encomendas, principalmente nos segmentos de confecção, material promocional, autopeças, eletroeletrônicos e cosméticos, bem como na modalidade de encomenda reversa, modal muito procurado pelo mercado.

Prova disso foi o movimento registrado nos meses de novembro e dezembro, quando a JadLog embarcou pouco mais de um milhão de encomendas, ou cerca de 15% a mais do que no último bimestre de 2013, quando foram transportadas 870 mil encomendas.

Em 2015 a expectativa da JadLog era promissora, pois todas as análises e previsões realizadas pela direção indicam que a empresa não será afetada pelo baixo crescimento da economia brasileira. “Vamos passar longe dessa desaceleração econômica. O ano de 2015 já começou movimentado, com a expansão de negócios junto aos nossos atuais clientes e a busca por novos embarcadores, através da ação comercial da rede franqueada JadLog”, afirmava o diretor comercial, Ronan Hudson.

Passado algum tempo a empresa decidiu que não mais operaria aeronaves próprias ou alugadas, com sua identidade visual, e passou a usar como logística as aeronaves de empresas dedicadas ao transporte de cargas e porôes de aeronaves de passageiros.

Comments are closed.