JetSmart anuncia voo entre Foz do Iguaçu e Santiago do Chile

124

A companhia aérea chilena de baixo custo JetSmart fará voos regulares, duas vezes por semana, ligando Foz do Iguaçu a Santiago do Chile, a partir do dia 3 de janeiro de 2020.

O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira, 24, em Salvador, para onde a companhia low cost também pretende voar.

Ao todo serão três destinos brasileiros que receberão voos diretos da JetSmart a partir de Santiago: Foz do Iguaçu, Salvador e São Paulo. A companhia também manifestou interesse em operar voos domésticos no mercado brasileiro, mas ainda não tem data para começar.

O prefeito Chico Brasileiro, juntamente com o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, e a consultora contratada pelo Fundo Iguaçu, Gisele Antunes, participaram do evento na Bahia, onde o CEO e fundador da companhia, Estuardo Ortiz, fez o anúncio oficial.

“ Acreditamos muito no potencial do mercado de Foz do Iguaçu. É um destino com marca mundial. Será um voo de muito sucesso na América do Sul e acreditamos que teremos um aumento significativo de turistas chilenos visitando uma das 7 Maravilhas Mundiais da Natureza nesta temporada”, destacou Ortiz.

A JetSmart é uma companhia aérea de baixo custo pertencente ao fundo americano Índigo Partners, que possui outras três cias aéreas nos EUA (Frontier), Hungria (Wizz) e México (Volaris). A empresa anunciou durante o evento que a tarifa do novo voo Foz – Santiago será de US$ 130 dólares ida e volta.

“ Foz do Iguaçu é o destino que mais cresce no Brasil. A chegada da JetSmart abre a conectividade com o Chile, mas temos expectativa de ter novos voos para outros países da América do Sul. O fato de o Destino Iguaçu ter sido escolhido pela empresa, juntamente com São Paulo e Salvador, para iniciar as operações no país, mostra o potencial de nossa cidade”, observou o prefeito Chico Brasileiro.

“Estávamos negociando há 18 meses com a JetSmart, desde a nossa participação na Routes Américas, em fevereiro de 2018, em Quito. Com apoio da Infraero e da Secretaria Nacional de Aviação Civil, conseguimos reduzir as taxas aeroportuárias e conquistar o voo. Existe ainda o compromisso do presidente Jair Bolsonaro de editar uma Medida Provisória que prevê, dentre outras medidas, a extinção do adicional da Taxa de Embarque Internacional, no valor de 18 dólares, o que será crucial para consolidar a entrada das companhias low cost no Brasil”, afirmou Piolla.

A vinda da Jetsmart abre caminho para nosso destino iniciar conexão com mercados importantes da América Latina e que mais para frente poderá se expandir para ,América Central, Caribe e existe expectativa também para a Europa”, disse o presidente do Fundo Iguaçu, Enio Eidt.

Deixe uma resposta