Ponte Aérea, Os números da Ponte Aérea em 2018, Portal Aviação Brasil
Foto: Infraero

A rota mais disputada do mercado aéreo brasileiro é a Ponte Aérea Rio – São Paulo. Em 2017 foram transportados 4.157.697, sendo 2.090.382 do Santos Dumont para Congonhas e 2.067.315 passageiros de Congonhas para o Santos Dumont, com crescimento de 5,25% e 3,74% respectivamente, comparado com 2016.

Em 2018, computando de janeiro a julho, temos até agora um crescimento de 3,04% no trecho Santos Dumont – Congonhas e de 4,24% de Congonhas para o Santos Dumont. No total 2.440.058 passageiros embarcaram nos dois trechos, com a Latam Brasil detendo 42,41% de participação de mercado, seguidas pela GOL e Avianca Brasil, com 40,21% e 17,38% respectivamente.

A grande particularidade da ponte aérea é que é uma rota destinada mais a executivos que viajam entre as duas maiores cidades brasileiras e acabam por adquirir bilhetes sem muita ou nenhuma antecedência, o que faz com que os valores sejam mais caros! Para se ter uma ideia, consultamos hoje o site das três companhias que realizam voos na rota, para adquirir bilhetes para o início da manhã do dia seguinte, de Congonhas, com retorno no início da noite, do Santos Dumont. Na Avianca Brasil, o voo das 6h40 custa R$ 580,27 e o voo de retorno, às 19h, custa R$ 705,77. Na GOL, o voo das 6h40 custa R$ 608,17 e o voo de retorno, às 19h10, custa R$ 681,17. Na Latam Brasil, o voo das 6h45 custa R$ 608,17 e o voo de retorno, às 19h15, custa R$ 681,17.

Os exemplos foram dados para compras em cima da hora, sem planejamento e ou antecedência, mas simulando o que fazem muitas empresas e executivos do setor. Os preços podem sofrer variações para mais ou para menos, dependendo do horário e dia. Mas esta é uma característica da Ponte Aérea, o que a torna uma rota extremamente desejada pela companhias aéreas.

[table “292” not found /]
Ponte Aérea, Os números da Ponte Aérea em 2018, Portal Aviação BrasilPonte Aérea, Os números da Ponte Aérea em 2018, Portal Aviação Brasil

Deixe uma resposta