Southwest faz encomenda expressiva de aeronaves da Boeing

A Boeing e a Southwest Airlines anunciaram um novo pedido para 100 novos Boeing 737-MAX 7 e 155 opções entre o MAX 7 e o MAX 8.

O acordo vem após uma avaliação de frota de vários anos pela Southwest e significa que a Boeing e seus fornecedores poderiam construir mais de 600 novos jatos 737-MAX para a companhia aérea até 2031.

A Southwest vinha explorando opções para modernizar a sua frota de Boeing 737-700 que atendesse às necessidades da companhia aérea, com uma aeronave de 140 a 150 lugares.

O jato complementará o Boeing 737-MAX 8, que atende às necessidades da Southwest para um modelo de 175 lugares. Ambos os membros da família 737-MAX reduzirão o uso de combustível e as emissões de carbono em pelo menos 14% em comparação com os aviões que substituem, ajudando a melhorar os custos operacionais e o desempenho ambiental. A Southwest disse que a solução permite manter a eficiência operacional de uma frota total de Boeing 737 para suportar sua rede de rotas ponto a ponto de baixo custo.

O novo contrato de compra eleva os pedidos da Southwest para 200 Boeing 737-MAX 7 e 180 Boeing 737-MAX 8, do quais 30 já foram entregues. A Southwest também terá 270 opções para qualquer um dos dois modelos, levando o compromisso de compra direta da transportadora a mais de 600 aviões. A companhia aérea também planeja jatos 737-MAX adicionais através de leasing de terceiros.

Como parte do acordo, a Southwest também expandirá o uso das soluções digitais da Boeing para suportar sua frota 737 MAX, incluindo gerenciamento de saúde de aviões, caixa de ferramentas de desempenho de manutenção e ferramentas de gráficos de navegação digital. A Boeing também fornecerá atualizações de software do sistema e novos equipamentos de habilitação de comunicações sem fio para suportar as operações da Southwest.

A frota atual da Southwest é de 400 Boeing 737-700, 207 Boeing 737-800 e 52 Boeing 737-MAX 8.

Deixe uma resposta