Surinam Airways (Suriname)

A Surinam Airways iniciou voos em janeiro de 1955 como Surinaamse Luchtvaart Maatschappij NV com a ajuda da KLM Royal Dutch Airlines. No início eram somente voos domésticos com aeronaves Douglas DC-3. Em 1964 entrou no cenário internacional com voos para Georgetown, Curação e Port of Spain.

Com a independência de Suriname, da Holanda, em 1975, a Surinam Airways alugou uma aeronave Douglas DC-8-63 da KLM para realizar os voos entre Paramaribo e Amsterdã. Em 1978 passou a atender Belém e Manaus, no norte do Brasil, além de Miami, nos Estados Unidos.

Nos anos 80 a Surinam Airways chegou a operar com aeronaves Boeing 707 e 737-200 durante alguns anos, para atender destinos como Amsterdã, na Holanda, com o 707, e Miami, nos Estados Unidos, com o Boeing 737-200.

Em junho de 1990 arrendou um Boeing 747-300 para operar as linhas de Amsterdã e New York. Desde 1993 os voos para Holanda passaram para o regime de codeshare com a KLM. Naquele ano alugou um Dash 8-300 para operar a rota de Belém. Em 1997 optou por operar um McDonnell Douglas MD-87 na rota Paramaribo – Caienna – Belem.

Foram algumas trocas de aeronaves na rota brasileira e em 2002 outro modelo, desta vez o Douglas DC-9-51, que após um ano foi substituído pelo McDonnell Douglas MD-82. Em 2004 adquiriu um Boeing 747-306 para operar na rota de Amsterdã.

No Brasil passou a operar em 2012 com um Boeing 737-300 entre Paramaribo, Caiena e Belém, aeronave que foi substituída pelo Boeing 737-700NG em 2019.

Voos Operados do Brasil

Os voos da Surinam, entre Caiena, Paramaribo e Belém, estão ocorrendo de forma não regular, devido a pandemia de Covid-19.

Frota da Empresa

Deixe uma resposta