Auxílio às aéreas deve ter votação importante amanhã na Câmara

Segundo o site da CNN Brasil, a Câmara dos Deputados vai discutir uma diretriz para que o governo, por meio de bancos públicos, auxilie na recuperação de empresas grandes consideradas estratégicas e impactadas pela Covid-19, como as do setor aéreo.

A sugestão consta no relatório do deputado Efraim Filho, do DEM, da Medida Provisória 975, e foi incluído na pauta de votação desta quarta-feira (8).

Atualmente, a utilização do Fundo Garantidor do BNDES só é permitida para ajudar empresas com faturamento de até R$ 300 milhões. A abertura legislativa para a ajudar empresas com lucro superior pode viabilizar, por exemplo, a permissão para que bancos públicos utilizem o chamado debêntures conversíveis em ações.

O governo quer comprar ações das companhias aéreas e revendê-las com lucro no futuro. Esta idéia é defendida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, como forma de o governo ganhar dinheiro e ajudar na preservação das empresas.

Deixe uma resposta