Cargolux (Luxemburgo)

7814
Cargolux, Cargolux (Luxemburgo), Portal Aviação Brasil
Foto: Infraero

Com 46 anos de existência em 2016, a Cargolux opera no Brasil nas cidades de Campinas, Curitiba, Manaus, Petrolina, Recife e Rio de Janeiro. A empresa iniciou voos em Maio de 1970 com um Canadair CL44J. Chegou a utilizar cinco destas aeronaves até receber seu primeiro jato, um Douglas DC-8-61 em 1971. Em 1973 a empresa introduziu na frota um Boeing 747-200C.

Em 1993 a Cargolux optou por novas aeronaves e recebeu o Boeing 747-400F, aeronave está que é quase totalidade na sua frota atual. Iniciou voos para o Brasil em 1996 com os Boeing 747-200F e 747-400F no Aeroporto de Viracopos com três voos semanais.

Em 2002 passou a atender também as cidades de Recife, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, está última não mais atendida. Em de 20 de março de 2007 a Cargolux, primeira cliente do 747-8, encomendou mais três 747-8s cargueiros, avaliados em US$ 845 milhões pela tabela de preços da Boeing, e adicionou outras duas opções de compra da mesma aeronave. Isto elevou o pedido total da transportadora, sediada em Luxemburgo, para 13 aeronaves, duas opções e dez direitos de compra. Esta aeronave, na Cargolux, passou a voar para o Brasil, Viracopos, em 16 de junho de 2013.

Em 2018 obteve um excelente desempenho no país, com crescimento de 18,76% no volume de carga embarcada e desembarcada no Brasil, conforme mostramos abaixo, com exclusividade. Só do Brasil para o exterior a Cargolux obteve um crescimento de 38,1% no volume embarcado.

Desempenho no transporte de cargas de e para o Brasil

Cargolux, Cargolux (Luxemburgo), Portal Aviação Brasil

Voos Operados de e para o Brasil

Cargolux, Cargolux (Luxemburgo), Portal Aviação BrasilCargolux, Cargolux (Luxemburgo), Portal Aviação Brasil

Frota da Empresa

Cargolux, Cargolux (Luxemburgo), Portal Aviação Brasil

Cargolux, Cargolux (Luxemburgo), Portal Aviação Brasil

Cargolux, Cargolux (Luxemburgo), Portal Aviação BrasilCargolux, Cargolux (Luxemburgo), Portal Aviação Brasil

Deixe uma resposta