JetSmart anuncia compra de mais 23 Airbus na Dubai Air Show 2021

Foto: Christian Rizzi

Durante o Dubai Air Show, ontem (14), a JetSmart Airlines anunciou um novo acordo com a Airbus para a compra de 23 aeronaves modelo A321neo, sendo 21 A321neo e duas A321XLR.

Dessa forma, até 2029, a JetSmart receberá um total de 125 aeronaves, desde o início de suas operações, e atingirá sua meta inicial de 100 aeronaves até 2027.

O acordo faz parte de uma compra realizada, pelo Indigo Partners, fundo de investimentos norte-americano que controla JetSmart, de 255 novas aeronaves para as 4 companhias aéreas de seu portfólio: Wizz, Frontier, Volaris e JetSmart. Em 2017, a Indigo Partners já havia anunciado a compra de 430 aeronaves da Airbus para suas companhias aéreas, incluindo a JetSmart.

Além deste anúncio, a empresa solicitou à Airbus a conversão de um total de 19 aeronaves A320 encomendadas no acordo de 2017, para o modelo A321, que gera 30% menos emissões de gases de efeito estufa por assento, o que materializa a meta da empresa de ser uma das mais baixas emissões globalmente.

Estuardo Ortiz, CEO da JetSmart, destacou que “este acordo demonstra mais uma vez nosso compromisso em continuar crescendo e nos posicionando como a companhia aérea de baixo custo líder na América do Sul, oferecendo aos nossos clientes voos seguros, confiáveis e pontuais, em aeronaves novas e com tarifas ultra baixas. Este acordo nos aproxima de nossa meta de 100 aeronaves até 2027 e nos permite dobrar nossa frota atual em menos de dois anos, além de reduzir nossa pegada ambiental”.

Além disso, segundo ele, a introdução do A321neo na frota JetSmart, em maio de 2022, e o pedido adicional de 23 aeronaves deste tipo, permitirá que a companhia aérea obtenha custos mais baixos, taxas de cliente mais baixas e seja a companhia aérea mais amigável com ou meio ambiente.

Vale destacar que o modelo A321neo incorpora motores e sharklets de nova geração, que juntos oferecem mais de 25% de economia de combustível e CO2, além de redução de 50% no ruído.

Já a versão A321XLR oferece uma extensão de alcance adicional para 4.700 nm, o que permite percursos de longo alcance. Isso dá ao A321XLR um tempo de voo de até 11 horas e reduz o consumo de combustível por assento em 30% em comparação com as aeronaves competitivas da geração anterior.

Para a JetSmart Airlines, este anúncio, somado à compra de frota já projetada para os próximos anos, significa que a companhia aérea aumentará em um terço sua capacidade de assentos e permitirá aumentar sua frota em 48% até 2022 e mais que o dobro em 2023.

Deixe uma resposta