CCR celebra assinatura de contrato de mais 9 terminais aéreos do Bloco Sul

Foto: Infraero

O Grupo CCR participou na última sexta-feira (12), em Brasília, da cerimônia de assinatura do contrato de concessão do Bloco Sul da 6ª Rodada de Concessões Aeroportuárias, que prevê a ampliação, manutenção e exploração de 9 aeroportos pelo prazo de 30 anos.

O evento contou com a presença do Secretário-Executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, autoridades convidadas e representantes das regiões dos aeroportos do Bloco Sul.

Com a assinatura do contrato de concessão do Bloco Sul, a CCR avança para se posicionar como uma das maiores operadoras aeroportuárias do país.

Os 9 aeroportos do Bloco Sul (veja abaixo) somam-se aos outros 6 terminais que compõem o Bloco Central, também adquiridos pelo Grupo CCR na 6ª Rodada de Concessões. Com os 15 novos terminais, a CCR passará a ser responsável por gerenciar a movimentação de mais 19,9 milhões de passageiros/ano a partir do primeiro trimestre de 2022, quando irá assumir integralmente a administração dos terminais.

“Estamos celebrando hoje essa importante etapa no processo de transferência dos aeroportos do Bloco Sul para a gestão da CCR, que irá promover investimentos, oferecer novos serviços, com geração de empregos e renda”, comemorou Cristiane Gomes, presidente da CCR Aeroportos. “A sinergia na operação dos 15 aeroportos arrematados pelo Grupo na 6ª Rodada de concessões possibilitará uma nova dinâmica na logística de transporte nessas regiões, aumentando a conectividade, ampliando as oportunidades e contribuindo para o desenvolvimento dessas regiões”, complementa Gomes.

O contrato de concessão do Bloco Central foi assinado no dia 20 de outubro, no aeroporto de Goiânia (GO). O bloco reúne ainda os aeroportos de Palmas (TO), Teresina (PI), São Luís (MA), Imperatriz (MA) e Petrolina (PE).

• O Bloco Sul conta com 9 aeroportos nos três estados da Região Sul:
• Paraná: Aeroporto Internacional de Curitiba, em São José dos Pinhais, Foz do Iguaçu, Londrina e Bacacheri, em Curitiba.
• Santa Catarina: Navegantes e Joinville.
• Rio Grande do Sul: Pelotas, Uruguaiana e Bagé.

• Dados do Bloco Sul:
• Investimentos estimados pelo governo em 30 anos: R﹩ 2,9 bilhões
• Movimentação em 2019: 12,5 milhões de passageiros/ano
• Movimentação em 2020: 4,8 milhões de passageiros/ano
• Expectativa de movimentação em 2022: 9,475 milhões de passageiros/ano*

• Dados dos Blocos Sul e Central – Concedidos na 6ª Rodada de Concessões Aeroportuárias

• Investimentos estimados pelo governo em 30 anos: R﹩ 4,7 bilhões
• Movimentação em 2019: 19,9 milhões de passageiros/ano
• Movimentação em 2020: 8,3 milhões de passageiros/ano
• Expectativa de movimentação de março a dezembro/2022: 15,160 milhões de passageiros/ano*

Deixe uma resposta