A Rico Linhas Aéreas é oOutra empresa que surgiu do táxi aéreo. Sua primeira aeronave Embraer 110 chegou em 30 de julho de 1986. A empresa iniciou seus voos regionais no ano de 1996 voando com dois Embraer 110 na rota Manaus – Humaitá.

Em 1997 a empresa recebeu duas aeronaves Embraer 120 e um Embraer 110, que se somou aos dois Embraer 110 que a empresa possuía.

Em 1999 a empresa inaugurou voos entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul, via Carauacá.

Em 2000 a Rico estava com uma frota composta de 3 Embraer 110, 3 Embraer 120 e 1 Cessna 208A. Abriu novas frentes com linhas de Manaus para Altamira, Belém, Maués, Parintins e Santarém.

Em 2001, ano ruim para todas as empresas devido os ataques de 11 de setembro, a Rico transportou 131.192 passageiros, um acréscimo comparado ao ano 2000 e ao cenário externo. Em 2002 sua frota saltou para 5 Embraer 110 e 2 Embraer 120.

Dia 23 de Agosto de 2003 marcou a chegada do Boeing 737-200Adv para a Rico Linhas Aéreas. A empresa adquiriu da Varig três aeronaves que passaram por revisões nas oficinas da VEM – Varig Engenharia e Manutenção, hoje TAPME. Como resultado a empresa voltou a crescer transportando 138.165 passageiros.

Em 2005 deixou de operar em Boa Vista e passou a operar em Macapá. Em 1º de dezembro iniciou novos voos entre Manaus – Santarém – Belém, as segundas, quartas e sextas, além de charters no final daquele ano para Fortaleza.

No início Abril de 2007 deixou de operar para Fortaleza e Tefé. Cogitou-se a entrada da empresa no setor de cargas e operações com Boeing 757 mas isto não passou de boatos. Em junho de 2009 a operação resumia-se a cinco cidades e uma única aeronave. A empresa suspendeu operações em maio de 2010.

Deixe uma resposta