Início Aeroportos Aeroporto Internacional de Fortaleza – Pinto Martins

Aeroporto Internacional de Fortaleza – Pinto Martins

Atualizamos os números operacionais do Aeroporto Internacional de Fortaleza, no Ceará. Neste trabalho inédito apresentamos informações do histórico de passageiros embarcados e desembarcados no aeroporto de 2000 a 2020, a participação de mercado das empresas em operações domésticas nos últimos 5 anos, entre 2016 e 2020, e finalizando com os voos vigentes no aeroporto.

Vejam os números operacionais do aeroporto, atualizados pelo Portal Aviação Brasil

Participação de mercado dos últimos 5 anos, das empresas que operam em Fortaleza, voos domésticos de passageiros

Participação de mercado dos últimos 5 anos, das empresas que operam em Porto Seguro, voos internacionais de passageiros

Um pouco da história

Os dados antes do ano 2000 estão sendo levantados pela equipe de dados do Aviação Brasil.

Voos em Operação

Fortaleza vem ganhando destaque nos últimos meses após as empresas Joon, da Air France, e a KLM decidirem que operariam no aeroporto a partir deste ano de 2018. No anúncio foi incluída a decisão da GOL de estabelecer no aeroporto um hub da companhia no nordeste, possibilitando também que passageiros alcançassem outros pontos em território brasileiro e internacional sem ter que passar obrigatoriamente pelos grandes aeroportos do Rio e de São Paulo. Operam regularmente em Fortaleza as companhias aéreas Air Italy, Avianca Brasil, Azul, Condor, HiFly, Transportes Aéreos Cabo Verde (TACV), GOL, Latam Brasil e TAP. São dez destinos internacionais servidor por essas companhias, que passarão a doze com a entrada de Amsterdã, pela KLM, e para Paris, com a Joon. O aeroporto teve sua pista construída na década de 1930. Durante a Segunda Guerra Mundial foi base aérea de apoio às Forças Aliadas. A segunda pista do aeroporto foi ampliada de 1.500 m para 2.545 m em 1963. O primeiro terminal de passageiros foi construído em 1966. A Infraero assumiu a administração do aeroporto em 7 de janeiro de 1974 e deu início as obras de ampliação do complexo aeroportuário. Em 1998 foi inaugurado um novo terminal de passageiros na área sul, com capacidade para 3,8 milhões de passageiros/ano, mais 14 posições de estacionamento de aeronaves. Em março de 2017, na quarta rodada de concessões de aeroportos brasileiros, o Governo Federal concedeu o Aeroporto Internacional Pinto Martins à Fraport AG. O aeroporto possui um grande potencial, que é reforçado pelo desenvolvimento econômico de Fortaleza e do Ceará, assim como a localização geográfica estratégica do estado como possível ponto de entrada da Europa e América do Norte para o Brasil. A Fraport Brasil – Fortaleza assinou um contrato com o consórcio Método e Passarelli para execução das obras de expansão do Fortaleza Airport. Para o início das obras da expansão do terminal de passageiros, ainda é necessária autorização judicial para acesso ao local e aprovação para eventual demolição das estruturas antigas. As demais obras consistem basicamente na extensão da pista e adequação das vias de taxiamento. Embarcaram no aeroporto em 2017 um total de 2.956.881 passageiros em voos regulares e não regulares operados por companhia aéreas, com um crescimento de 4,78% em relação a 2016. O mercado doméstico teve crescimento de 4,51% e o internacional de 11,29% no composto desse número. Do mercado doméstico em 2017 a Latam foi a responsável por embarcar 37,03% dos passageiros, seguida pela Gol, com 31,84%, Avianca Brasil, com 16,79% e Azul, com 14,34%. As principais rotas domésticas são para São Paulo (Guarulhos), com 26,97% dos passageiros embarcados, seguidas por Rio Galeão, 14,89%, Brasília, 11,99% e Recife, com 10,08%. Das linhas internacionais 59,79% dos passageiros destinam para Lisboa, seguidos por Miami, com 7,18% e Buenos Aires, com 6,2%. As empresas com maior participação são a TAP, com 59,6%, seguidas pela Condor, com 9,68% e Latam Brasil, com 7,18%.

error: Conteúdo Protegido !!
Sair da versão mobile